Nativas

  • Nativas
  • Nativas
  • Nativas
  • Nativas
  • Nativas
  • Nativas
  • Nativas
  • Nativas
  • Nativas

O pinheiro-do-paraná, espécie também conhecida como pinheiro-araucária o pinheiro-brasileiro, entre outras denominações, é uma espécie muito antiga, com ciclo de vida que teve origem há 200 milhões de anos, quando surgiram as primitivas árvores com semente sem fruto (coníferas) que deram origem às atuais espécies de araucárias. Todas essas espécies encontram-se no hemisfério sul. Dentre as espécies de Araucaria apenas duas o correm na América do Sul: a Araucaria angustifolia e a Araucaria araucana. O pinheiro-do-paraná, espécie de área de distribuição mais extensa, existe no Brasil e em pequenas manchas da Argentina e do Paraguai. Árvore de grande porte, podendo chegar até 50 metros de altura, o pinheiro-do-paraná atinge a parte superior da floresta.

Quando jovem, possui copa em forma de cone e na idade adulta tomaçã formato de taça. Seu tronco reto ramifica-se apenas no topo, formando sua copa característica e suas folhas verde-escuras não caem no inverno. O pinheiro-do-paraná é tida como uma árvore ornamental de rara beleza, destacando-se na paisagem de vários estados brasileiros: Rio de Janeiro, Minas, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.Os pinheiros dominaram a paisagem no sul do Brasil, na sua área deçãcorrência, provavelmente desde a última glaciação atéçã final do século XIX. Na atualidade, sua área remanescente tem sido bastante reduzida, comparativamente aos 200 000 km2 de área original estimada. Em função da redução da Florestação imbrófila Mista (Floresta de Araucaria) para cerca de 1% do seu tamanhoçãriginal, várias restrições têm sido impostas à sua exploração, especialmente de sua principal espécie a A. angustifolia. Assim, reveste-se de grande importância o plantio dessa espécie, tanto de forma solteira como de sistemas silviagrícolas. Somente assim poder-se-á, no futuro, explorá-la sem no entanto delapidar-se o patrimônio genético restante.

Deste modo, a Embrapa Florestas resolve, com a publicação eletrônica de seu sistema de produção, incorporar o pinheiro-do-paraná no rol de espécies que farão parte do processo de criação de uma agência de informação sobre espécies florestais de importância socioeconômica e/ou ambiental. Fonte: Embrapa Florestas MUDAS NATIVAS: Nome Popular  Nome científico Araucaria Araucaria angustifolia Araçá vermelho  Psidium cattleianum Ariticum  Rollinia emarginata Aroeira Piriquita  Schinus molle Bracatinga  Mimosa scrabella Cerejeira do Rio Grande  Eugenia involucrata Goiaba Serrana  Acca sellowiana Guapuruvu Schizolobium parahyba Guavirova  Campomanesia xanthocarpa Ipê amarelo  Handroanthus Albus Pitanga  Eugenia uniflora Tarumã Vitex montevidensis Uvaia  Eugenia pyriformis

 

Nome Popular Nome científico
Araucaria Araucaria angustifolia
Araçá vermelho  Psidium cattleianum
Ariticum Rollinia emarginata 
Aroeira Piriquita Schinus molle
Bracatinga Mimosa scrabella 
Cerejeira do Rio Grande Eugenia involucrata
Goiaba Serrana Acca sellowiana 
Guapuruvu  Schizolobium parahyba 
Guavirova Campomanesia xanthocarpa 
Ipê amarelo Handroanthus Albus
Pitanga Eugenia uniflora
Tarumã  Vitex montevidensis 
Uvaia Eugenia pyriformis 

 

Voltar
Todos os direitos © Terrapinus 2012 / By InZait Design